Brasil dá 10 dias para Boeing, Dassault e Saab melhorarem ofertas de caças

São Paulo, 11 set (EFE).- O Ministério da Defesa deu hoje dez dias às fabricantes americana Boeing, à francesa Dassault e à sueca Saab, para que melhorem suas ofertas de venda de caças à Força Aérea Brasileira (FAB).

EFE |

Em comunicado à imprensa, o Ministério afirma que a Dassault tem até o dia 21 de setembro para equiparar a oferta de venda de seu modelo Rafale aos parâmetros referidos pelo presidente francês, Nicolas Sarkozy, em sua visita a Brasília na segunda-feira.

O documento acrescenta que o prazo é o mesmo para a Boeing, que concorre na licitação com o modelo F-18, e para a Saab, com o seu Gripen NG, para apresentar "eventuais propostas que busquem equiparar-se à francesa".

As três companhias competem por um contrato de venda de 36 caças com os quais a FAB pretende renovar sua frota. EFE az/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG