Brasil confirma refúgio a 118 bolivianos que fugiram de Pando

Brasília, 7 jun (EFE).- O Comitê Nacional de Refugiados (Conare) aprovou o pedido de refúgio apresentado por 118 cidadãos bolivianos que fugiram de seu país no ano passado, em meio ao conflito na região de Pando, informaram hoje fontes oficiais.

EFE |

Porta-vozes do Ministério da Justiça, ao qual o Conare é subordinado, disseram à Agência Efe que a solicitação foi aprovada em virtude de que, segundo a opinião dos membros desse comitê, existia um "fundado temor" de perseguição política.

Os cidadãos bolivianos atravessaram a fronteira em setembro do ano passado, quando a região de Pando foi cenário de violentos confrontos entre opositores e partidários do Governo do presidente Evo Morales.

Nos distúrbios, pelo menos 20 pessoas morreram e outras 70 ficaram feridas.

Os solicitantes beneficiados com o status de refugiados pelo Conare estão desde então em Brasileia (AC), fronteiriça com a região de Pando e aonde, em meio aos distúrbios, acredita-se que chegaram cerca de mil bolivianos, mas a maioria já retornou a seu país.

Os fatos em Pando foram investigados por uma comissão da União de Nações Sul-americanas (Unasul), que, em um relatório divulgado no final do ano passado, responsabilizou as autoridades dessa região, opositoras ao Governo Morales, do que qualificou de "massacre" e "crime de lesa-humanidade". EFE ed/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG