Brasil concede visto para blogueira cubana visitar o País

A dissidente cubana Yoani Sánchez enviou carta a Dilma pedindo para comparecer à estreia e documentário sobre blogueiros

EFE |

© AP
Yoani Sanchéz, autora do blog Generación Y, é vista em sua casa em Havana (11/04/2008)
O governo brasileiro concedeu nesta quarta-feira um visto de turista à dissidente cubana Yoani Sánchez para que ela compareça à estreia do documentário "Conexão Cuba-Honduras", em Jequié (Bahia), prevista para o dia 10 de fevereiro.

Yoani solicitou o visto e enviou uma carta à presidenta Dilma Rousseff pedindo a intervenção ante o governo de Havana para conseguir a permissão para sair de Cuba.

Recentemente, Yoani divulgou um vídeo na internet dirigido a Dilma pedindo que interceda por ela perante o presidente cubano, Raúl Castro, para que obtenha permissão para deixar o país.

O filme "Conexão Cuba Honduras", dirigido pelo brasileiro Carlos Galvão da Silva, conta a história de blogueiros cubanos e hondurenhos perseguidos pelos governos de seus países.

Veja o especial sobre Cuba

Yoani disse ter recebido uma carta convite no início do ano e a apresentado às autoridades cubanas como parte dos trâmites burocráticos para poder viajar.

Dilma fará sua primeira visita oficial a Cuba em 31 de janeiro. Ela ficará dois dias no país e depois segue para o Haiti. Na semana passada, o chanceler brasileiro, Antonio Patriota, viajou a Havana para preparar a visita de Dilma, que incluirá em sua agenda questões de cooperação econômica e infraestruturas nas áreas de educação e saúde.

* Com iG São Paulo

    Leia tudo sobre: brasilcuba

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG