Brasil, Argentina e Colômbia pedem que partidos bolivianos apóiem diálogo

La Paz, 13 jun (EFE).- Os Governos de Argentina, Brasil e Colômbia, que tentam uma mediação na crise da Bolívia, fizeram hoje uma enfática chamada aos setores políticos bolivianos para que apóiem um diálogo amplo e consistente.

EFE |

A posição foi fixada em comunicado emitido hoje em La Paz pelas três nações, dois dias depois que o Governo boliviano decidisse suspender outra tentativa de diálogo para conciliar o novo projeto constitucional e processos autonomistas.

O comunicado assinala que o "Grupo de Países Amigos lamenta que as condições não se tenham dado até o momento para que se concretizasse o dito processo" de aproximação entre as partes rivais.

A Bolívia vive uma profunda crise política desde que quatro departamentos (estados) começassem movimentos de autonomia que enfrentam o projeto constitucional de Morales. EFE ja/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG