Brasil alerta sobre capacidade limitada de financiamento do BID

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) uma capacidade de financiamento para a região limitada e deve buscar alternativas para incrementar sua capacidade de concessão de empréstimos, afirmou nesta terça-feira o ministro brasileiro do Planejamento, Paulo Bernardo.

AFP |

"O BID tem hoje uma demanda de financiamento que supera seu limite anual para empréstimos e garantias de crédito em cerca de 8 bilhões de dólares", indicou Bernardo em seu discurso ante a assembléia anual de diretores da instituição financeira, realizada em Miami.

"Isso significa que a capacidade de emprestar do banco se encontra comprometida num momento crítico para a região", enfatizou.

Por isso, o Brasil recomenda à instituição buscar "alternativas financeiras que aumntem a capacidade de intervenção do banco".

"O BID deve implementar um gradual, mas significativo aumento da janela de financiamento soberano", acrescentou.

O ministro destacou o fato que, num contexto que considera difícil, os termos de intercâmbio comercial continuem em diferenciais tão favoráveis para a região e que a liquidez que beneficiou nos últimos anos as economias da América Latina e do Caribe permaneça elevada.

Bernardo pediu às autoridades do banco que "não percam de vista que esta instituição é e sempre será uma cooperativa de crédito entre nações, e que sua relevância depende fundamentalmente da capacidade de prover recursos para o desenvolvimento de setores públicos e privados latino-americanos e do Caribe".

mr/jco/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG