O ator Brad Pitt acompanhou a posse do presidente americano, Barack Obama, de Berlim, onde está sendo rodado seu último filme, disse ele em uma entrevista coletiva, nesta quinta-feira.

"Vi a posse de Berlim, estava bem (...) mas estive em Grant Park (reduto eleitoral de Obama, em Chicago) na noite de sua eleição. Era uma noite incrivelmente eletrizante, que voltou a nos conectar com nossa idéia de América", disse Brad Pitt, de boné preto.

"Quando voltei a Berlim para trabalhar, os europeus parabenizavam todos os americanos, o que significa muito", acrescentou o ator, que está no meio da filmagem de "Inglorious Bastards", de Quentin Tarantino.

Hoje, Pitt estava na França, para promover "O curioso caso de Benjamin Button", de David Fincher, que estréia dia 4 de fevereiro. Quando recebeu a imprensa, ele ainda não sabia das 13 indicações do filme ao Oscar, incluindo a sua, na categoria de melhor ator.

"Não pensava que fosse um filme para mim (...) mas decidi fazer porque por trás da câmera estava Fincher", comentou Brad Pitt, que também rodou "Seven - os sete crimes capitais" e "Clube da luta" com David.

"Pensei que seu domínio da tecnologia junto com seu profundo conhecimento da natureza humana tornariam o filme interessante".

"É um pai fantástico (...) e também um homem que se ocupou de seu pai durante o último ano de sua vida e pensei que a sabedoria que tiraria dessa experiência beneficiaria o filme", elogiou Brad Pitt.

Mais tarde, David Fincher disse estar "extremamente contente" com as indicações.

ref/tt

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.