A gigante do petróleo BP anunciou nesta terça-feira que pagará às vítimas do vazamento de óleo no Golfo do México uma soma superior ao limite de 75 milhões de dólares previsto pela lei americana." /

A gigante do petróleo BP anunciou nesta terça-feira que pagará às vítimas do vazamento de óleo no Golfo do México uma soma superior ao limite de 75 milhões de dólares previsto pela lei americana." /

BP diz que pagará indenização superior à prevista pela lei americana

A gigante do petróleo BP anunciou nesta terça-feira que pagará às vítimas do vazamento de óleo no Golfo do México uma soma superior ao limite de 75 milhões de dólares previsto pela lei americana.

AFP |

A gigante do petróleo BP anunciou nesta terça-feira que pagará às vítimas do vazamento de óleo no Golfo do México uma soma superior ao limite de 75 milhões de dólares previsto pela lei americana.

"Acreditamos que iremos além" desse limite, declarou o diretor da BP nos Estados Unidos, Lamar McKay, durante uma audiência na Comissão de Energia e Recursos Naturais do Senado.

A BP é responsável pelos custos da limpeza da mancha de óleo, surgida após a explosão de 20 de abril e ao posterior afundamento da plataforma de exploração no Golfo do México, que continua derramando cerca de 800.000 litros diários de petróleo no mar.

No que se refere a indenizações, a lei americana impõe um limite de 75 milhões de dólares por uma catástrofe dessa natureza. Muitos legisladores pedem que esse limite seja elevado a 10 bilhões de dólares.

Questionado sobre a posição da BP em relação a essa proposta, McKay negou-se a comentar. Disse que "nós somos a parte responsável (...), pagaremos por todas as demandas legítimas". Ele completou que o limite de "75 milhões de dólares não seria levado em conta".

Completou que a BP já tinha indenizado até 1.000 querelantes, "na maioria pescadores", cujos meios de subsistência foram ameaçados pela mancha de óleo.

ok/cel/lb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG