Bouteflika assume Presidência argelina pela terceira vez seguida

Argel, 19 abr (EFE).- O argelino Abdelaziz Bouteflika, reeleito presidente pela terceira vez consecutiva no pleito de 9 de abril, tomou posse hoje no Palácio das Nações, na capital Argel, na presença das maiores autoridades do Estado.

EFE |

Numa cerimônia oficial, com a mão direita sobre o Corão, Bouteflika repetiu o texto do juramento lido pelo presidente da Suprema Corte, Kadour Beradja.

"Juro por Deus todo-poderoso respeitar e glorificar a religião islâmica, defender a Constituição, salvaguardar a continuidade do Estado, reunir as condições necessárias para o funcionamento normal das instituições, atuar para reforçar o processo democrático e respeitar a livre escolha do povo", disse o chefe de Estado.

Bouteflika também jurou "preservar a integridade do território nacional e a unidade do povo e da nação, proteger as liberdades e os direitos fundamentais do homem e o cidadão, e trabalhar sem descanso pelo desenvolvimento e a prosperidade do povo".

A cerimônia de posse do chefe de Estado foi acompanhada por três dos quatro ex-presidentes argelinos ainda vivos: Ahmed Ben Bella (1963-1965), Chadli Benjedid (1979-1992) e Ali Kafi (1992-1994).

Já o ex-presidente Liamin Zeroual (1994-1999), contrário às leis de perdão para os islâmicos armados, não participou do ato, no qual estiveram presentes todos os membros do Governo e as máximas autoridades civis e militares do país, além dos representantes do corpo diplomático credenciado em Argel.

Bouteflika, de 72 anos e no poder desde 1999, foi eleito nas eleições de 9 de abril com 90,23% dos votos, segundo os dados oficiais. EFE sk/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG