Boris Tadic reivindica vitória nas eleições parlamentares sérvias

BELGRADO - O presidente sérvio e líder do Partido Democrata, Boris Tadic, reivindicou hoje a vitória nas eleições parlamentares sérvias da coalizão pró-UE que ele preside, e que teria obtido 39% dos votos e 103 das 250 cadeiras do Parlamento de Belgrado.

EFE |

"Os cidadãos da Sérvia confirmaram sem ambigüidades o rumo europeísta do país, disseram que querem que a Sérvia se encontre o mais rápido possível na UE. Nós cumpriremos isto. Esta foi nossa promessa", declarou Tadic em entrevista coletiva na sede de seu partido.

"Outro objetivo estratégico é a preservação da integridade territorial do país. Não reconheceremos o Kosovo, lutaremos pela integridade com todos os meios pacíficos e diplomáticos", declarou.

Tadic agradeceu aos cidadãos sérvios pelo "alto grau de responsabilidade, apesar dos grandes desafios" que a Sérvia enfrenta após a proclamação unilateral da independência do Kosovo, em fevereiro passado.

Neste sentido, afirmou que os eleitores estiveram "ao nível da democracia sérvia" e que optaram pela via européia.

Também destacou a importância de um novo Governo ser formado em breve e afirmou que "não é o momento de festejar".

Tadic também anunciou que ele é que designará o primeiro-ministro e descartou que o atual chefe de Governo e seu antigo sócio no Executivo, Vojislav Kostunica, vá ocupar este cargo.

Ele afirmou também que está preparado para "iniciar já na noite de hoje" as negociações sobre a formação de um novo Governo.

Insistiu nos "cinco princípios" de sua coalizão como base para as negociações e disse que não permitirá "a formação de um Governo que envie o país aos anos 90", de isolamento internacional.

Leia mais sobre eleições na Sérvia

    Leia tudo sobre: sérvia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG