Bono, Michael Douglas e Shakira unem vozes em favor de combate à pobreza

Nações Unidas - Estrelas do rock ou do cinema como Bono, Michael Douglas, Shakira e Scarlett Johansson uniram as vozes esta semana à luta contra a pobreza e reivindicaram mais compromisso dos líderes mundiais para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) em 2015.

EFE |

O líder da banda de rock U2, Bono, cada vez mais no lado do ativismo político em favor do desenvolvimento, participou hoje na apresentação do relatório elaborado pela comissão irlandesa contra a fome e colocou no YouTube um vídeo que faz parte da campanha In my name, lançada por uma ONG americana. "Tenho um nome, Bono, fácil de lembrar, mas também é fácil de se esquecer o que se faz em meu nome. Tentem não esquecê-lo", diz o roqueiro irlandês em um vídeo postado nesse site, junto a outros gravados pela rainha Rania da Jordânia, a ex-top Elle MacPherson e as atrizes americanas Scarlett Johansson e Kristin Davis.

A ONG Global Call to Action against Poverty lançou essa campanha, coincidindo com a realização de uma cúpula nas Nações Unidas, para avaliar as conquistas dos ODM, e dela participaram os músicos Angélique Kidjo e os integrantes da banda Black Eyed Peas, Will.I.am e apl.de.ap.

O vídeo com a música interpretada por esses músicos pode ser visto no YouTube, que permitiu, até 1º de novembro, que os internautas postem uma gravação similar à de qualquer dessas celebridades, nas quais "em seu nome" peçam aos líderes do mundo o que querem em favor do desenvolvimento dos mais pobres.

A essa campanha se uniram outras personalidades como a do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, e Rania da Jordânia, que disponibilizou um vídeo no qual admite que, "a meio caminho dos ODM, ainda estamos muito longe de alcançá-los".

Além de fazer seu pedido aos dirigentes mundiais, Bono se referiu à situação da África durante a apresentação do relatório irlandês sobre a fome no mundo, para destacar que, "se transformarmos nossas idéias em ação, a África poderia ser um produtor líquido" de alimentos.

Na mesma apresentação, Ban agradeceu ao roqueiro irlandês por sua presença, "porque ajuda a atrair a atenção dos líderes mundiais" e, lembrando uma canção de Bono, o secretário-geral da ONU disse que "é um lindo dia, não deixe que tudo se estrague "it's a beautiful day, dom't let it get away").

Outras personalidades, como o ator americano Michael Douglas, mensageiro da Paz da ONU, se somaram a outras causas, como a do grupo de países que pede a outras nove nações (incluindo Estados Unidos e China) que ratifiquem o mais rápido possível o Tratado de Proibição Completa dos Testes Nucleares (CTBT).

    Leia tudo sobre: pobreza

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG