Bombeiros seguem combate a incêndios no sul da Austrália

Sydney (Austrália), 19 fev (EFE).- Os bombeiros australianos concentraram suas forças para lutar contra dois grandes incêndios no estado de Victoria, porém sem que haja sinais de que as chamas, que já mataram mais de 200 pessoas, sejam controladas.

EFE |

Cinco incêndios continuam com força em Victoria, no sul do país, e as previsões meteorológicas, de novas tempestades elétricas e altas temperaturas, são desanimadoras.

O incêndio de Wilsons Promontory, um parque natural a cerca de 220 quilômetros do sudeste de Melbourne, já destruiu 12 mil hectares de floresta.

A área é de difícil acesso e os bombeiros se veem obrigados a lutar pelo ar contra as chamas, que por enquanto não atingiram zonas povoadas.

Outro incêndio, mais perigoso, é o de Kilmore-Murrindindi, a cerca de 100 quilômetros de Melbourne, e que, a exemplo de Wilsons Promontory, também pode atingir áreas de armazenamento de água, o que complicaria a provisão a outras cidades.

As autoridades locais continuarão durante mais uma semana o rastreamento das zonas afetadas pelas chamas na busca por corpos de vítimas.

Segundo o Governo, o número de vítimas não deve se elevar muito em relação aos 200 mortos já anunciados, já que desaparecidos também foram incluídos nessa estimativa, feita em 7 de fevereiro.

O Governo australiano convocou um dia de luto para o próximo domingo, que incluirá uma cerimônia em memória das vítimas no Rod Laver Arena de Melbourne, com a presença de autoridades de todo o mundo.

A princesa Anne da Inglaterra confirmou sua presença e também visitará os povoados mais afetados pelos incêndios. EFE mg/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG