Bombeiros da Califórnia avançam lentamente contra los incendios

Mesmo com ventos fortes e com a chegada de uma onda de calor na região, os bombeiros da Califórnia (oeste dos Estados Unidos) conseguem lentos progressos no combate às centenas de incêndios que ainda ardiam no estado nesta quinta-feira, informaram fontes oficiais.

AFP |

O departamento de Proteção de Florestas e Incêndios da Califórnia (CALFIRE) anunciou que 284.248 hectares já foram consumidos pelas chamas desde 20 de junho, quando uma tempestade elétrica sem chuva atingiu a região, dando início aos incêndios.

Ao todo, 322 focos continuam queimando a vegetação seca e as florestas californianas, segundo números do CALFIRE. O departamento informou, no entanto, que houve uma queda considerável no número de incêndios, que no início da crise chegou a 1.800.

A série de incêndios deste ano é a mais grave da história da Califórnia, embora taé o momento não tenham sido registradas mortes diretamente ligadas ao fogo. Além disso, 99 casas foram destruídas até agora, número considerado baixo em comparação com outras crises semelhantes.

O governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, fez um novo pedido ao presidente George W. Bush nesta quinta-feira para que o governo destine mais recursos aos bombeiros e às equipes de resgate atuando no estado.

"California está en medio de una batalla sin precedentes de incendios forestales que ha reducido al límite nuestros recursos estatales para combatir el fuego y han puesto a miles de californianos en peligro inmediato", dijo Schwarzenegger.

Em outubro do ano passado, os incêndios florestais na Califórnia deixaram oito mortos, arrasaram 2.000 casas e provocaram 2 bilhões de dólares em prejuízos.

As chamas deste ano obrigaram a evacuação de milhares de residentes das regiões afetadas.

"Até agora, todas as frentes estão contidas, mas as ordens de evacuação continuam vigentes", disse Edmonds. "Os ventos nessa região são imprevisíveis. Sopraram do nosso lado esta noite, mas podem mudar rapidamente", explicou.

rcw/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG