Bombas explodem na ilha de Palma de Mallorca sem causar vítimas

Uma pequena bomba explodiu na praça central de Palma de Mallorca neste domingo, levando o número de explosões na ilha espanhola para três. Houve uma terceira explosão na Plaza Mayor (a praça central), mas foi pequena, mais fraca que as outras duas, afirmou um porta-voz do governo. As três bombas explodiram sem deixar vítimas em Palma de Mallorca, nas ilhas mediterrâneas de Baleares, depois de uma ligação telefônica do grupo separatista basco ETA, informou a imprensa local.

Redação com AFP |

Este é o terceiro atentado atribuído ao ETA nos últimos 15 dias. Fontes do governo regional basco confirmaram a ligação de aviso dirigida a uma operadora de taxis basca, a Rádio-Taxi Donostia. O ministério do Interior, no entanto, não pôde ser contatado para confirmar a informação.


Bomba explode em restaurante na Espanha / foto: EFE

O aviso permitiu uma rápida mobilização policial, que isolou uma grande zona do passeio marítimo onde se encontrava localizada a pizzaria La Rigoletta. Segundo a agência Europa Press, o artefato era de pequena potência e não causou feridos. O comunicado falava dos três artefatos em diferentes estabelecimentos hoteleiros, e que deveriam explodir entre as 14H00 e as 18H00 local (12H00 e 16H00 GMT).

Assista ao vídeo sobre os dois primeiros atentado:



A ETA reivindicou na madrugada de domingo o atentado em que morreram dois guardas civis em 30 de julho na mesma ilha, no dia seguinte a um atentado que deixou 64 feridos em Burgos, norte espanhol.

A ilha de Mallorca se encontra em pleno apogeu turístico e também é habitual local de veraneio da família real espanhola, onde se encontra atualmente.

Leia mais sobre: atentado

    Leia tudo sobre: atentadoatentadosbombaespanhaeta

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG