Bombas explodem em restaurantes da Espanha após aviso da ETA

Palma de Mallorca (Espanha), 9 ago (EFE).- Duas bombas explodiram hoje em diferentes restaurantes da cidade espanhola de Palma de Mallorca, nas ilhas Baleares, sem causar feridos, depois de um telefonema em nome da ETA, informaram à Agência Efe fontes da luta antiterrorista.

EFE |

Palma de Mallorca é o lugar onde o rei Juan Carlos I da Espanha tem sua residência de verão.

Um ataque da ETA em 30 de julho causou a morte de dois agentes da Guarda Civil, depois que uma bomba foi colocada embaixo do veículo-patrulha e depois acionada à distância, na localidade de Calvià.

Hoje, a primeira bomba explodiu dentro do restaurante La Rigoletta e a segunda, no restaurante Enco, que ficam na mesma área.

Segundo as fontes, no primeiro caso, a bomba era de pequeno tamanho e baixa potência, e estava aparentemente dentro de uma mochila escondida no teto falso de um banheiro. Sobre o segundo, não há, por enquanto, mais informação.

Esta manhã uma ligação anônima em nome da ETA à "Rádio-Táxi Guipúzcoa" avisou sobre a colocação de vários artefatos explosivos em restaurantes e bares de Palma de Mallorca, que explodiriam entre as 12h e as 18h (8h de 14h de Brasília). EFE edg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG