Bombardeiros russos aterrissam no território da Venezuela

MOSCOU - Dois bombardeiros supersônicos russos Tu-160 aterrissaram nesta quarta-feiar em território da Venezuela a fim de realizar vôos de testes em águas internacionais, informou hoje o Ministério da Defesa da Rússia.

EFE |

"Dois bombardeiros estratégicos das Forças Aéreas da Rússia realizarão durante os próximos dias várias manobras de vôo em águas neutras, e depois retornarão a suas bases na Rússia", disse a fonte às agências russas.

Os Tu-160 aterrissaram em um aeroporto da Venezuela após atravessar o oceano Atlântico em 13 horas, travessia durante a qual foram escoltados por caças russos Su-27 e, durante certo tempo, vigiados por aviões da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

EUA estão de olho

A Casa Branca disse na última segunda-feira que observará as possíveis manobras navais da Rússia em águas da Venezuela.

"Vimos os relatórios e veremos como os exercícios estão avançando", disse o porta-voz do Conselho Nacional de Segurança, Gordon Johndroe.

Leia mais sobre Rússia

    Leia tudo sobre: rússia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG