Vinte e cinco rebeldes curdos morreram semana passada em um bombardeio da aviação turca contra as bases do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) no norte do Iraque, informou o porta-voz do Exército turco nesta sexta-feira.

"O Exército recebeu informações confiáveis de várias fontes no sentido de que 25 terroristas foram neutralizados durante o ataque (aéreo) de 17 de outubro", declarou o general Metin Gurak.

Os ataques aéreos tinham como alvo a região dos montes Qandil, na fronteira com a Turquia, no extremo norte do Iraque, que abriga a retaguarda dos rebeldes separatistas do PKK, que lutam há 24 anos contra o poder central turco.

Leia mais sobre Iraque

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.