Bombardeio mata até 20 supostos insurgentes no Afeganistão

Entre 12 e 20 supostos insurgentes morreram no Afeganistão em um bombardeio da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf), que divulgou nesta quinta-feira a estimativa de baixas realizada pelas tropas afegãs.

EFE |

O bombardeio aconteceu na quarta-feira na província de Baghlan, quando uma patrulha conjunta da Isaf e do Exército afegão foi atacada por "um grande número" de insurgentes, informou a organização militar ocidental, em comunicado.

"Os insurgentes estavam utilizando lança-granadas a partir de um rio. A patrulha pediu apoio aéreo. Elementos aéreos da Isaf bombardearam e metralharam os insurgentes (posicionados) em uma fileira de árvores", precisou a Isaf.

"As forças afegãs de segurança nacional estimam que de 12 a 20 insurgentes foram mortos", acrescentou.

A patrulha prosseguiu mais tarde sua missão, sem que nenhum de seus integrantes sofresse ferimentos, segundo a Isaf, que disse não ter recebido informações de "baixas civis" durante a operação.

A insurgência taleban ataca com frequência tanto as tropas afegãs quanto as internacionais, sobretudo na parte meridional do país, onde tem seus redutos mais significativos.

Leia mais sobre Afeganistão

    Leia tudo sobre: afeganistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG