Bombardeio de Israel mata 3 milicianos palestinos em Gaza

Gaza, 10 jan (EFE).- Pelo menos três milicianos palestinos morreram hoje no centro da Faixa de Gaza em um novo bombardeio da Força Aérea israelense, o que eleva a cinco o número de mortos neste domingo na região.

EFE |

Os três mortos no ataque aéreo são milicianos da Jihad Islâmica que aparentemente se preparavam para lançar foguetes contra o território israelense. Já os outros dois são civis.

O bombardeio aéreo aconteceu em uma zona de fronteira ao leste da cidade de Deir el-Balah, no coração da Faixa, e não muito longe da cerca de segurança eletrônica que separa os dois territórios.

Segundo testemunhas, um avião de guerra disparou um foguete contra um grupo de militantes que tentavam atacar Israel com a mesma arma. Já fontes do Governo do Hamas sustentam que os milicianos conseguiram lançar um projétil antes de serem atingidos.

Médicos do hospital Al-Aqsa, onde os três milicianos já chegaram mortos, confirmaram que o impacto do foguete foi direto.

Em comunicado, a Jihad Islâmica (guerra santa) assumiu que os três eram membros de seu braço armado, as Brigadas de Jerusalém.

As três mortes se somam à de dois civis, ocorridas esta manhã no norte de Gaza, perto da fronteira com Israel. EFE Sa'ar/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG