Bombardeio da Isaf mata ao menos 6 civis no Afeganistão

Cabul, 13 abr (EFE).- Pelo menos seis civis morreram e 14 ficaram feridos num bombardeio da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) no leste do Afeganistão, disse hoje à Agência Efe uma fonte oficial.

EFE |

Segundo informações, o ataque aconteceu no distrito de Watapur, na província afegã de Kunar, e tinha como alvo uma reunião de insurgentes numa "conhecida área inimiga" do vale local.

De acordo com a Isaf, entre quatro e oito supostos insurgentes morreram na ação.

"Os dados (dos serviços de espionagem) indicavam uma tentativa hostil do inimigo de atacar postos da Isaf. Devido à distância da região, a Isaf requisitou apoio aéreo e eliminou a ameaça inimiga", indica um comunicado.

Na nota, na qual admitiu "a possibilidade" de "não combatentes" terem ficado "feridos" no bombardeio, a Isaf disse que a suposta reunião de rebeldes acontecia numa zona "remota" e que as tropas não detectaram "aparentes estruturas civis ou pessoas" antes do ataque.

"Lamentamos possíveis ferimentos a civis causados por nossas operações contra o inimigo", escreveu no comunicado o capitão Mark Durkin, porta-voz da Isaf.

"Investigaremos a alegação de feridos civis e, se confirmadas, daremos assistência às pessoas afetadas", acrescentou o oficial.

O encarregado do distrito de Watapur, Zalmai Yousufzai, confirmou que as bombas atingiram casas de civis. EFE lo/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG