Bomba mata 6 e fere 5 na Caxemira indiana

Nova Délhi, 21 abr (EFE).- Pelo menos seis pessoas morreram hoje e cinco ficaram feridas após a explosão de uma bomba contra um veículo que transitava por um conflituoso distrito da Caxemira indiana, informou uma fonte oficial.

EFE |

O general-de-brigada Gurdeep Singh assegurou à agência "Ians" que o atentado ocorreu na região montanhosa de Marha, situada no distrito de Poonch, a 230 quilômetros ao noroeste de Jammu, a capital de inverno da Caxemira.

"Pela natureza da explosão, parece que a bomba estava colocada no motor do veículo", disse Singh.

Outra fonte policial citada pela "Ians" explicou que três dos mortos são membros do Comitê de Defesa de Povoados (VDC, sigla em inglês), um grupo de voluntários civis armados pelo Exército para combater insurgentes.

O atentado de hoje ocorre depois do início das eleições gerais indianas, cuja primeira de cinco fases teve lugar no último dia 16.

Em regiões conflituosas como a Caxemira, as eleições indianas, que se estendem até 13 de maio, serão realizadas em cinco fases.

O distrito de Poonch, dividido entre a Índia e o Paquistão, é um dos que têm mais problemas com rebeldes dentre os da Caxemira indiana.

Embora as duas potências nucleares tenham assinado um cessar-fogo em 2003, os Exércitos de ambos os países se acusam frequentemente de violá-lo.

A disputa territorial pela Caxemira é a mais importante entre Índia e Paquistão, que abriram um processo de diálogo para abordar este e outros assuntos em 2004, interrompido após o atentado na cidade indiana de Mumbai, no ano passado. EFE amp/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG