Bomba mata 4 turistas sul-coreanos no Iêmen

Sanaa - As primeiras investigações da Polícia do Iêmem atribuem à rede terrorista Al Qaeda um atentado a bomba que matou pelo menos quatro turistas sul-coreanos hoje na cidade turística de Shibam.

EFE |

Além deles, outros quatro sul-coreanos e dois motoristas iemenitas foram feridos pela bomba, que explodiu enquanto os turistas tiravam fotos de uma vista panorâmica de Shibam, de uma montanha próxima à cidade.

De acordo com as investigações, a bomba, acionada por controle remoto, estava escondida na estrada onde estacionaram os três veículos que formavam o comboio turístico, no qual viajavam 17 pessoas.

O Iêmen é apontado como um dos maiores redutos da Al Qaeda no Oriente Médio, apesar das campanhas de segurança realizadas pelas autoridades contra a organização terrorista.

De fato, um dos ataques com mais vítimas no país foi cometido por um grupo vinculado à Al Qaeda, em 17 de setembro do ano passado, matando 16 pessoas perto da embaixada dos Estados Unidos em Sanaa.

Em 2 de julho de 2007, oito turistas espanhóis morreram quando um carro-bomba bateu contra o veículo em que eles visitavam um sítio arqueológico no leste do Iêmen.

O atentado de hoje é o primeiro caso que envolve turistas sul-coreanos desde o sequestro que três deles sofreram em 1998.

Nessa ocasião, os reféns, entre eles a mulher e a filha do cônsul em Sanna, foram sequestrados por uma tribo do sudeste do país.

Os sequestros de estrangeiros, especialmente de turistas e de trabalhadores da indústria do petróleo, tornaram-se frequentes no Iêmen.

Na maioria das vezes, eles têm como objetivo pressionar o presidente Ali Abdala Saleh, a acatar pedidos de líderes tribais e não costumam durar muito tempo.

Localizada a 900 quilômetros ao sudeste da capital Sanaa, Shibam é conhecida como "Manhattan do deserto", por suas muralhas de barro semelhantes a arranha-céus, que a tornaram Patrimônio Mundial da Unesco.

    Leia tudo sobre: al-qaedaatentadoiêmenturistas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG