Bomba mata 4 soldados da Otan no Afeganistão

O mês de junho registrou 102 mortes de soldados de tropas internacionais

EFE |

Quatro soldados da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) da Otan morreram vítimas da explosão de uma bomba no sul do Afeganistão, afirmou a organização militar neste sábado.

"A política da Isaf é deixar os procedimentos de identificação das vítimas em mãos das autoridades nacionais pertinentes", acrescentou a organização em comunicado, sem mais detalhes.

Segundo dados do portal independente icasualties.org, até o momento, em julho, morreram 70 soldados das forças estrangeiras no Afeganistão, a grande maioria pela explosão de bombas. Junho foi o mês com maior número de baixas nas tropas internacionais no Afeganistão desde o início da guerra, em 2001, com um total de 102 militares falecidos.

A maioria das mortes de militares da Otan acontece em um arco que percorre o sul e leste do Afeganistão onde predomina a etnia pashtun, da qual procedem tradicionalmente os insurgentes talibãs.

    Leia tudo sobre: Otanexplosõesbombaafeganistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG