Bomba explode perto de imobiliária no sudoeste da França

Bayonne, 25 dez (EFE).- Uma bomba explodiu ontem à noite perto de uma agência imobiliária na localidade de Anglet, no sudoeste da França, e provocou danos materiais, enquanto uma segunda foi descoberta hoje junto ao centro europeu de pesquisa esportiva de alto nível em Capbreton, informaram fontes policiais.

EFE |

A explosão do dispositivo de Anglet, que não deixou nenhuma vítima, aconteceu por volta das 3h30 (0h30 de Brasília) em uma área comercial nas imediações da agência do grupo Guy Hoquet, no departamento dos Pirineus Atlânticos.

Sobre a fachada da agência imobiliária apareceu a inscrição "O País Basco não está à venda".

O prefeito da localidade, Jean Espilondo, qualificou o ato de "inaceitável e totalmente condenável" e afirmou que "um dia ou outro haverá uma ou várias vidas humanas afetadas por atentados desse tipo".

A Polícia Judiciária iniciou hoje uma investigação sobre o caso.

O atentado frustrado de Capbreton, preparado com uma garrafa cheia de líquido inflamável e um dispositivo para ativá-lo, foi descoberto hoje por volta das 12h (9h de Brasília) junto a uma vidraçaria no centro de alto nível, informou a procuradoria de Paris.

Não é a primeira vez que a mesma inscrição aparece em lugares que registraram explosões no País Basco, já que detonações deste tipo são comuns em agências imobiliárias ou em imóveis utilizados como segunda residência.

Em 2007, uma onda de explosões afetou quatro agências situadas perto do estabelecimento atacado ontem à noite.

O último ato desse tipo ocorreu em setembro, quando uma bomba provocou um incêndio em uma mansão de propriedade de um casal de ingleses, situada próxima a Saint Palais, no mesmo departamento.

Até hoje, esse tipo de ação só causou danos materiais. EFE md/ab/fr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG