Bomba explode em sede de sindicalistas que exigem restituição de Zelaya

Tegucigalpa, 26 jul (EFE).- Uma bomba explodiu hoje na sede do Sindicato de Trabalhadores da Indústria da Bebida e Similares de Honduras, sem deixar feridos, informou hoje um dirigente da instituição.

EFE |

A fonte relatou à Agência Efe que a explosão ocorreu por volta das às 13h05 locais (16h05 de Brasília) no interior da sede do sindicato, no extremo sul da capital hondurenha.

De acordo com o dirigente sindical, a explosão causou pequenos danos nas paredes e nos vidros do imóvel, e que a ação teria sido executada por dois homens que foram seguidos, mas escaparam.

Policiais participaram da perseguição aos dois desconhecidos.

Os sindicalistas participam de um movimento de resistência popular que exige a restituição de Manuel Zelaya na Presidência de Honduras.

O governante deposto, que há três dias tenta retornar a seu país a partir da Nicarágua, onde pernoita perto da fronteira com Honduras, foi derrubado pelos militares em 28 de junho.

Zelaya foi substituído por Roberto Micheletti, por designação do Parlamento hondurenho, organismo que até então presidia. EFE gr/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG