Bomba explode em prédio de jornal na Espanha e polícia culpa ETA

MADRI (Reuters) - Uma bomba explodiu do lado de fora da gráfica de um jornal no norte da Espanha no domingo, em um ataque que a polícia responsabilizou os separatistas bascos do ETA. Ninguém ficou ferido na explosão, nos fundos da gráfica do El Correo, na cidade basca de Zamudio, por volta das 3 da manhã do domingo (horário local).

Reuters |

Cinquenta funcionários estavam no prédio no momento, segundo o jornal informou em seu site.

'A bomba em nossa instalação em Zamudiu não vai nos impedir de imprimir e não vai silenciar nossa voz, que fala por milhares de bascos que querem ver o fim do ETA', disse o El Correo em um editorial.

Uma porta-voz da polícia confirmou as suspeitas de que o ETA estaria por atrás do ataque ao El Correo, que pertence ao grupo Vocento, controlador do diário nacional conservador ABC.

O ETA, que matou mais de 800 pessoas em quatro décadas de luta armada pela independência da região basca da Espanha, já tentou no passado intimidar jornalistas locais.

(Por Jason Webb)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG