Bomba explode em Embaixada do Brasil em Santiago do Chile

SANTIAGO - Uma bomba de fabricação caseira explodiu na madrugada desta quarta-feira, sem deixar feridos, na Embaixada do Brasil em Santiago do Chile, informaram fontes policiais.

Redação com EFE |

O Itamaraty, por meio de sua assessoria de imprensa, confirmou que houve uma explosão nesta madrugada, mas não há registro de feridos. Segundo o Itamaraty, o caso está sob investigação da polícia chilena.

A explosão destruiu alguns vidros da sede diplomática, no centro de Santiago, a quatro quadras do Palácio de La Moneda e de um edifício situado à frente, disseram as fontes.

O atentado ocorreu no início da madrugada ( 1h20 de Brasília ) e alguns moradores do edifício da frente viram um indivíduo fugindo a pé do local.

"Sentimos um forte barulho, pensamos que era um acidente, mas, quando fomos observar, vimos que havia muita fumaça e uma pessoa estava escapando para o sul", disse José Tobar, um dos moradores do imóvel, à rádio "Cooperativa".

A polícia afirmou que o incidente foi captado por uma câmera de segurança do edifício, por isso conta com algumas pistas para a investigação.

Um oficial dos Carabineiros disse aos jornalistas que a bomba era de fabricação caseira e que, no local, não foi encontrado nenhum panfleto relacionado a algum grupo que possa ser responsável pelo atentado.

Leia mais sobre atentados

    Leia tudo sobre: atentado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG