Bomba explode antes de decisão do julgamento de Shinawatra

BANGCOC - Uma bomba de baixa potência explodiu hoje em frente à casa do presidente do Tribunal Supremo da Tailândia, horas antes de emitir o veredicto do julgamento por abuso de poder do ex-primeiro-ministro Thaksin Shinawatra, deposto há dois anos em um golpe de Estado.

EFE |

A Polícia indicou que nenhuma pessoa ficou ferida na explosão, que foi diretamente ligada ao processo contra Shinawatra, exilado desde agosto no Reino Unido e declarado foragido pela Justiça tailandesa.

A Suprema Corte, presidida por Ackaratorn Chularat, anunciará hoje o veredicto do julgamento no qual a promotoria acusa Shinawatra de usar sua autoridade para ajudar sua mulher, Pojaman, a comprar terrenos estatais a um preço abaixo de seu valor real.

Se for considerado culpado, Shinawatra pode ser condenado a uma pena máxima de 23 anos de prisão, apesar de a Justiça da Tailândia nunca ter levado à prisão qualquer político de destaque condenado por um crime de corrupção.

    Leia tudo sobre: tailândia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG