Bomba em Bagdá mata quatro americanos, um italiano e seis iraquianos

Dois soldados americanos, dois civis americanos, um italiano e seis iraquianos morreram nesta terça-feira na explosão de uma bomba na prefeitura de Sadr City, reduto do líder radical xiita Moqtada al-Sadr em Bagdá.

AFP |

A porta-voz da embaixada americana, Mirembe Nantongo, informou que que as vítimas estrangeiras eram dois americanos que trabalhavam, respectivamente, para os departamentos de Estado e de Defensa, e um italiano de origem iraquiana, também funcionário do departamento de Defesa.

Por sua vez, o comando militar americano confirmou a morte de dois soldados, e que um terceiro ficou ferido.

Um chefe dos serviços de segurança iraquianos informou que seis iraquianos morreram no mesmo atentado, e dez ficaram feridos, inclusive três membros da prefeitura.

jds/hkb/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG