BERLIM - As autoridades de Vechta, no norte da Alemanha, removeram neste domingo cerca de 8.500 moradores da cidade, incluindo os pacientes de uma clínica e os 450 presos de duas penitenciárias, para desativar uma bomba da Segunda Guerra Mundial detectada no subsolo.

A operação começou na manhã deste domingo e previsão é de que por volta das 12h locais aconteçam as tarefas de desativação da bomba, lançada pela Força Aérea americana.

A desocupação da área abrangeu um raio de um quilômetro e meio ao redor do ponto onde o explosivo foi localizado.

Leia mais sobre explosivos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.