Bolsas disparam na Índia após vitória do partido de situação

Os mercados de ações na Índia dispararam depois que o Partido do Congresso, que já vinha governando o país, teve uma vitória decisiva nas eleições nacionais. O índice Sensex subiu 17%, chegando a 14.

BBC Brasil |

272 pontos, forçando ao fechamento antecipado do pregão desta segunda-feira da Bolsa de Valores de Mumbai.

As operações já haviam sido suspensas temporariamente antes, depois que a ação de investidores impulsionou as cotações para acima do limite máximo.

A vitória nas urnas dá ao Partido do Congresso um mandato fortalecido para manter as reformas que vinham estimulando o crescimento econômico do país.

'Estouro'
O índice mais abrangente Nifty, da Bolsa de Valores Nacional, também subiu 17%, chegando a 4.308. As operações também foram suspensas mais cedo e a bolsa fechou.

A moeda indiana, a rúpia, apresentou uma valorização de mais de 2% - a maior desde 1998. A cotação chegou a 48,32 por dólar.

"Este foi o grande estouro que os investidores estavam buscando", disse Hitesh Agrawal, chefe de pesquisa da corretora Angel Broking. "Nós esperamos que o governo tenha maior flexibilidade para estimular reformas econômicas daqui para frente."
A previsão é que a aliança liderada pelo Partido do Congresso conquiste 260 cadeiras no Parlamento e que o principal partido da oposição, Partido Bharatiya Janata (BJP, na sigla em inglês), fique com 157. Projeções anteriores indicavam que o resultado das urnas seria mais apertado.

Os partidos com tendência comunista, que colocaram obstáculos a reformas em fundos de pensão e à venda de empresas estatais, perderam mais da metade de suas cadeiras no Parlamento.

As ações em algumas das maiores empresas da Índia também subiram: as do banco ICICI tiveram uma alta de 25,3% e a Tata, 40%.

O Sensex já aumentou 26% este ano antes que a vitória do Partido do Congresso fosse declarada no fim-de-semana.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG