Bolsas da Ásia têm resultados mistos; na Europa, ações caem

Os principais mercados da Ásia apresentaram resultados mistos nesta terça-feira após um dia de fortes quedas nas bolsas de todo mundo em meio à extensão da crise financeira internacional e dúvidas sobre a capacidade dos governos em contorná-la. Após abrir em queda, as bolsas europeias apontaram sinais de recuperação para logo em seguida voltar a recuar.

BBC Brasil |

Às 5h30 no horário de Brasília, o índice FTSE da bolsa de Londres operava em baixa de 1,31%. Em Frankfurt, o Dax recuava 1,32% e em Paris, o Cac 40 caía 0,22%.

Na segunda-feira, a bolsa de Paris registrou a maior queda de sua história ao despencar 9,04%.

No Japão, o índice Nikkei caiu mais de 5% nos primeiros 30 minutos do pregão desta terça e fechou com perdas de 3,03%.

Na Coréia do Sul, a bolsa abriu em queda de 1,3%, mas se recuperou, fechando os negócios em alta de 0,78%.

A bolsa de Taiwan, que começou a operar com baixa de 2,78%, conseguiu se reerguer e terminou o pregão com ganhos de 0,34%.

Já a bolsa de Hong Kong, que fechou a segunda-feira com queda de 5%, ficou fechada por causa de um feriado.

A grande volatilidade dos mercados nesta terça-feira se segue a um dia de muita turbulência nas bolsas de todo o mundo.

A bolsa de valores de Nova York fechou na segunda-feira com o nível mais baixo em pontos em quatro anos.

O índice Dow Jones terminou o dia com queda de 3,58%, na marca dos 9.955,50 pontos - a mais baixa desde outubro de 2004. O Nasdaq recuou 4,34%.

As baixas, que chegaram a ser mais intensas durante o dia, refletem as incertezas dos investidores em relação ao pacote aprovado nos Estados Unidos para ajudar o mercado financeiro e também novos sinais de que a crise econômica está se agravando na Europa.

Segundo analistas, os investidores temem que o pacote aprovado na sexta-feira não tenha o impacto necessário para reverter a crise e também estão preocupados com a demora na sua implementação.

Em uma tentativa de dar segurança aos investidores, uma força-tarefa ligada à Casa Branca para lidar com o mercado financeiro divulgou um comunicado dizendo que está acelerando os preparativos para intervir no mercado, conforme o previsto no pacote.

Em São Paulo, os negócios na bolsa foram interrompidos duas vezes durante as primeiras horas de pregão, depois de o índice Bovespa registrar queda de mais de 10%. Mas no fim do dia houve uma recuperação, e o índice encerrou o dia com perdas de 5,43%.

Leia mais sobre bolsas asiáticas

    Leia tudo sobre: bolsas asiáticascrise nos mercados

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG