Bolsa de Londres reage às expectativas das eleições no Reino Unido

SÃO PAULO - Em dia de eleições para o chefe de governo do Reino Unido, a Bolsa de Londres operava em baixa. Há pouco, o índice FTSE-100, de Londres, operava com queda de cerca de 0,5%.

Valor Online |

A libra apresentava desvalorização pelo quinto dia consecutivo, na comparação com o dólar. O mercado aguarda uma definição de uma das mais disputadas eleições da história britânica, na qual concorrem ao poder o líder conservador David Cameron e o trabalhista Gordon Brown. Mais de 44 milhões de pessoas são esperadas nas urnas, mas os eleitores estão divididos e as pesquisas de opinião ainda não mostram um consenso de candidato mais apto a vencer as eleições. Pelas regras do Reino Unido, a população vota nos deputados dos partidos de sua preferência, sendo que cada distrito tem um candidato de cada partido concorrendo. O partido que tiver a maioria vence. A plataforma dos dois candidatos é bem parecida, já que os conservadores e trabalhistas aproximaram suas ideologias nos últimos anos. A principal diferença entre eles diz respeito aos desafios do momento: o modo e a velocidade com que vão cortar os gastos públicos, reduzindo as medidas de incentivos ao crescimento econômico. Além de ser cobrado pelo controle do déficit público, o vencedor vai enfrentar uma situação complicada na Europa e vai precisar continuar o caminho de saída da recessão. (Vanessa Dezem | Valor, com agências internacionais)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG