Bolivianos começam a votar em eleições regionais e municipais

La Paz, 4 abr (EFE).- A Corte Nacional Eleitoral (CNE) da Bolívia abriu hoje as eleições regionais e municipais para escolher 2.

EFE |

502 autoridades, entre elas nove governadores, 337 prefeitos e 267 legisladores para as assembleias departamentais.

As 23.844 mesas eleitorais instaladas em todo o país abriram às 8h locais (9h de Brasília) e funcionarão sem interrupção durante oito horas.

O presidente do órgão eleitoral, Antonio Costas, lembrou em um ato realizado hoje em La Paz que 5.059.453 eleitores foram habilitados para participar do pleito.

Costas destacou que esta será a primeira vez na Bolívia em que os cidadãos elegerão por voto direto não somente governadores e prefeitos, mas também seus representantes nas assembleias departamentais.

Uma prova da complexidade destas eleições é a quantidade de cédulas eleitorais impressas, que superam os 11,3 milhões de bilhetes de entrada em 478 modelos diferentes.

Dessa quantidade, 5,6 milhões de cédulas serão usadas para o voto departamental, enquanto uma quantidade igual será destinada para a votação municipal.

Este processo eleitoral servirá para medir o alcance da hegemonia do presidente boliviano, Evo Morales, e de seu partido, o Movimento Ao Socialismo (MAS) no início de seu segundo mandato. EFE gb/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG