A Bolívia se tornará o primeiro país da região a ratificar o tratado constitutivo da União de Nações Sul-Americanas (Unasul), informou nesta terça-feira a chancelaria do Equador, que será o depositário do instrumento.

Segundo a chancelaria, a ata de depósito será firmada nesta quarta-feira, em Quito, entre o embaixador boliviano no Equador, Juan Xavier Zárate, e o chanceler equatoriano, Fander Falconí.

O tratado da Unasul foi assinado pelos presidentes sul-americanos em Brasília no dia 23 de maio de 2008. No momento, a presidência está a cargo do Chile, mas será assumida pelo Equador em maio próximo.

Há dois meses, o presidente da Bolívia, Evo Morales, disse não acreditar muito na integração da Comunidade Andina de Nações (CAN, formada por Colômbia, Equador, Bolívia e Peru) e que apostava no fortalecimento de mecanismos regionais de integração como a Unasul (Argentina, Chile, Paraguai, Uruguai, Brasil, Equador, Bolívia, Peru, Colômbia, Venezuela, Suriname e Guiana).


Leia mais sobre Unasul

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.