Bolívia publicará reprodução dos diários escritos por Che Guevara

La Paz, 7 jul (EFE).- O Governo da Bolívia anunciou hoje que publicará, em outubro, uma edição fac-símile (reprodução exata) dos diários escritos pelo guerrilheiro argentino-cubano Ernesto Che Guevara, para recordar os 41 anos de sua morte.

EFE |

O vice-ministro de Cultura, Pablo Groux, disse à Agência Efe que se trata da primeira edição fac-símile do diário da campanha de Che na Bolívia e de outro documento com avaliações políticas, também sobre sua presença no país entre 1966 e 1967.

Che Guevara fundou um foco guerrilheiro no sudeste da Bolívia, mas seu grupo foi derrotado pelo Exército boliviano com ajuda de agentes americanos.

O famoso guerrilheiro foi assassinado em 9 de outubro de 1967 em uma escola da localidade de La Higuera, no sudeste da Bolívia.

O diário, que está em dois cadernos, e o terceiro documento com as avaliações de seus combatentes e da campanha foram copiados hoje com um scanner pelo editor José Antonio Quiroga no Banco Central da Bolívia, que detém a custódia dos textos.

No fim de semana passado, os dirigentes do partido de Morales inauguraram na cidade de El Alto, vizinha de La Paz, uma estátua do Che de sete metros de altura construída com ferro-velho. EFE ja/bm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG