O presidente da Bolívia, Evo Morales, declarou nesta quarta-feira persona no grata o embaixador dos Estados Unidos em La Paz, Philip Goldberg, que acusou de alentar a divisão em seu país e promover o separatismo.

"Peço ao nosso chanceler da República (..) que envie hoje ao embaixador uma mensagem comunicando a decisão do governo nacional, de seu Presidente, para que retorne urgentemente a seu país", disse Morales em um ato público no Palácio Quemado, em La Paz.

rb/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.