Bolívia diz que visita de diplomata americano melhora relações bilaterais

La Paz, 25 jul (EFE).- O Governo da Bolívia assinalou hoje que com a visita ao país do Secretário Adjunto dos Estados Unidos para a América Latina, Thomas Shannon, que se reuniu na quarta-feira com o presidente Evo Morales em La Paz, foi dado um passo adiante para melhorar as deterioradas relações bilaterais.

EFE |

O embaixador boliviano em Washington, Gustavo Guzmán, disse que a reunião marcou o início de uma agenda de discussão proposta por La Paz a Washington para reavivar a relação diplomática.

"É um passo a frente, um novo ponto de partida na agenda que propusemos ao Governo dos EUA para desenvolver nos próximos meses", afirmou Guzmán ao canal de televisão "RTP".

As relações entre Bolívia e EUA começaram a se deteriorar a partir de junho passado, quando Washington chamou para consultas o seu embaixador em La Paz, Philip Goldberg.

Esse chamado aconteceu depois que seguidores radicais de Morales protestaram violentamente contra a embaixada dos EUA pelos americanos terem dado asilo a um ex-ministro boliviano acusado de genocídio. EFE rs/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG