La Paz, 12 jun (EFE).- O ministro da Saúde boliviano, Ramiro Tapia, confirmou hoje dois novos casos da gripe suína na Bolívia, em estudantes que contraíram o vírus dentro do país e que elevam a sete o número total de afetados.

Em declarações à imprensa, Tapia explicou que dois jovens de 16 anos que estiveram em contato com uma pessoa contaminada pela gripe e que contraiu o vírus nos Estados Unidos testaram positivo para a doença.

O ministro reconheceu que os casos detectados hoje são os "primeiros de circulação interna" registrados na Bolívia, ou seja, que contraíram a doença no país, e que por isso o Governo vai redobrar os esforços para controlar sua expansão.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE lav/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.