Bolívia aprova nova Constituição com 61,43% dos votos (oficial)

A nova Constituição da Bolívia, promovida pelo presidente Evo Morales, foi aprovada no referendo da semana passada com 61,43% dos votos, informou nesta segunda-feira a Corte Nacional Eleitoral (CNE), que concluiu a contagem.

AFP |

O 'Sim' à nova Carta Magna obteve 2.064.397 votos (61,43%), e o 'Não', 1.296.175 (38,57%), anunciou a CNE. Foram 3.360.572 os votos válidos.

A nova Constituição, de forte conteúdo indígena e estatizante, foi apoiada nos departamentos andinos de La Paz (78,12%), Oruro (73,68) e Potosí (80%) e nos vales de Cochabamba (64,91%) e Chuquisaca (51,54%).

Foi rejeitada nas regiões de Tarija (56,66%), Santa Cruz (65,25%), Beni (67,33%) e Pando (59%).

De acordo com a nova Carta, o limite máximo das terras agrícolas em mãos de proprietários privados será de 5.000 hectares, em função de uma proposta que recebeu 80% dos votos válidos.

Morales anunciou que vai promulgar a norma no próximo sábado.

jac/rb/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG