Bolívia anuncia visita de Amorim e Jorge Taina

Os chanceleres de Brasil e Argentina, Celso Amorim e Jorge Taina, chegarão à Bolívia nos próximos dois dias para analisar a crise política boliviana, informou nesta quarta-feira a Chancelaria em La Paz.

AFP |

Uma porta-voz do ministério boliviano das Relações Exteriores disse que a agenda de visitas de Amorim e Taina "está sendo ajustada pelo chanceler" David Choquehuanca.

Celso Amorim vai chegar à Bolívia na sexta-feira, informou o senador Roger Pinto, do Partido Podemos, a principal força da oposição no Congresso.

O chanceler brasileiro se reunirá com líderes da oposição boliviana e com funcionários do governo em La Paz.

Amorim e Taina irão à Bolívia a convite da oposição para promover o diálogo com o governo, disse o senador Tito Hoz de Vila, titular da comissão de Relações Internacionais do Senado boliviano.

Segundo Hoz de Vila, também viajará ao país, com a mesma missão, o vice-chanceler da Colômbia, Camilo Reyes.

rb/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG