Bolívia anuncia expulsão de 20 famílias brasileiras do país

La Paz, 13 ago (EFE).- O Governo boliviano anunciou hoje que despejará pela força 20 famílias brasileiras que vivem no povoado de San Ignacio de Velasco, no departamento (estado) de Santa Cruz, no leste do país, informou o vice-ministro de Terras, Alejandro Almaraz, à rádio local Erbol.

EFE |

Segundo Almaraz, estas famílias se assentaram na região de forma ilegal e se dedicam ao corte indiscriminado de árvores, motivos pelos quais a expulsão ocorrerá antes do final do mês.

"Os assentamentos de brasileiros em Velasco, Santa Cruz, serão despejados muito em breve. Em uma ou duas semanas, será pela força", declarou o ministro.

Há uma semana, os Governos de Brasil e Bolívia coordenam com a Organização Internacional de Migrações (OIM) a mudança de quase mil famílias brasileiras que vivem perto da fronteira entre ambos os países na região de Pando, na Amazônia boliviana.

O plano prevê o assentamento destas famílias em novas terras no interior da Bolívia ou em território brasileiro e será executado entre outubro e dezembro.

A medida responde ao novo texto constitucional boliviano promulgado em fevereiro passado, segundo o qual nenhum estrangeiro pode adquirir ou ter propriedades em território nacional sob usufruto numa faixa de 50 quilômetros a partir das zonas fronteiriças.

Além disso, a Bolívia começou a aplicar nesta semana um plano para transferir famílias camponesas de outras regiões do país ao departamento de Pando, na fronteira com o Brasil, cujas florestas eram exploradas ilegalmente por cidadãos brasileiros.

Segundo o Governo, o objetivo deste programa é "garantir a soberania" nas fronteiras e proteger o território boliviano de ocupações ilegais.

No entanto, a oposição boliviana rejeita o plano sob a alegação de que é uma estratégia do partido governista Movimento Ao Socialismo (MAS) para mudar a tendência eleitoral nessa região, onde os opositores costumam vencer nas urnas. EFE gb/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG