Bolívia: 82% dos eleitores favoráveis à autonomia de Santa Cruz

O estatuto de governo autônomo da próspera região boliviana de Santa Cruz foi aprovado com 82% dos votos no referendo de domingo, rejeitado pelo governo, de acordo com a apuração parcial divulgada pela Corte Eleitoral local.

AFP |

Com 22% dos votos apurados, 81,93% dos eleitores apóiam o Sim e 18,07% o Não sobre o estatuto que permitirá a criação de um governo autônomo, com funções similares aos poderes Executivo e Legislativo, com jurisdição local.

A consulta, qualificada de "ilegal e inconstitucional" pelo presidente Evo Morales, aconteceu em meio a incidentes isolados em redutos eleitorais do chefe de Estado.

O saldo foi de 28 feridos em confrontos de ruas entre civis.

Dos 930.000 inscritos para votar em Santa Cruz - de uma população total de 2,5 milhões -, a abstenção chegou a 25,5%, de acordo com o canal de televisão privado PAT. A informação não foi confirmada pelo tribunal eleitoral.

A Corte Eleitoral anunciou que os resultados parciais correspondem à cidade e que a apuração será total até sábado.

Os resultados parciais divulgados pela televisão local no fim da tarde de domingo provocaram muitas comemorações em bairros de Santa Cruz.

Enquanto a cidade de Santa Cruz festejava, Morales, o primeiro aimara a governar o país em seus 183 anos de história republicana, afirmou no palácio presidencial de Quemado em La Paz que a consulta "foi um rotundo fracasso", além de ilegal e inconstitucional.

jac/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG