Boeing 787 levanta voo com dois anos de atraso

O novo Boeing 787 fez seu voo inaugural nos Estados Unidos com dois anos de atraso.

BBC Brasil |

A empresa espera que o dreamliner revolucione as viagens aéreas, já que ele é o primeiro avião comercial feito principalmente de ligas de carbono em vez de alumínio.

Isso significaria uma economia de 20% de combustível, o que reduziria os custos de voo.  

Mas a boeing enfrenta a competição direta da Airbus. O super jumbo A380 já está voando há dois anos e a empresa está desenvolvendo um rival para o dreamliner.

Além disso, apesar de ter recebido mais de 800 pedidos de compra, os primeiros 787 deveriam ter começado a operar no ano passado, mas os sérios atrasos na produção podem representar mais um ano de espera e alguns clientes já cancelaram os pedidos.

Leia mais sobre aviação

    Leia tudo sobre: aviação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG