Bloomberg elogia Obama por nomear Sonia Sotomayor ao Supremo

Nova York, 26 mai (EFE).- O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, elogiou hoje a decisão do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, de nomear a juíza nova-iorquina Sonia Sotomayor para a Suprema Corte americana.

EFE |

"Ela foi uma juíza federal incrivelmente boa e, por vir de origem humilde, no Bronx, traz uma perspectiva que servirá muito bem ao Supremo e à nossa nação", afirmou Bloomberg em um comunicado.

Sotomayor, de 54 anos, é filha de uma enfermeira e um operário que emigraram de Porto Rico para os EUA e foram morar no bairro do Bronx, em Nova York. A juíza estudou nas universidades de Princeton e Yale, onde ganhou o Prêmio Pyne.

Em 1979, Sotomayor se formou como advogada pela Faculdade de Direito da Universidade de Yale, onde também foi editora da revista "Yale Law Journal" e promotora-adjunta.

Como assistente do promotor Robert Morgenthau, Sotomayor levou à Justiça casos de roubo, assaltos, agressão policial e pornografia infantil.

"Sua história é o exemplo perfeito do tipo de oportunidades que estão disponíveis nesta cidade e neste país para aqueles que se entregam a seus sonhos", declarou Bloomberg.

Se o Senado confirmar sua nomeação, Sotomayor será a primeira magistrada da Suprema Corte dos EUA de origem hispânica.

"Através de sua carreira, a juíza Sotomayor demonstrou que possui a sabedoria, a inteligência, o espírito de equipe e o bom caráter que requer a posição para a qual foi indicada", disse Morgenthau.

O promotor acrescentou que "é uma honra para o presidente e para os Estados Unidos que uma pessoa de origem humilde do sul do Bronx possa, simplesmente com seu talento e seu trabalho, ser reconhecida como a candidata apropriada para ocupar um posto no mais alto tribunal do país". EFE emm/pd/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG