Bloco sunita rejeita Constituição aprovada no Curdistão

Bagdá, 25 jun (EFE).- A Frente do Consenso Iraquiano (FCI), principal bloco sunita do Iraque, rejeitou hoje uma Constituição aprovada nesta quarta-feira pelo Parlamento do Curdistão, na qual considera Kirkuk e algumas partes de Ninawa, no norte, como províncias curdas.

EFE |

Um porta-voz da FCI disse aos jornalistas que esta anexação é um "assunto polêmico", que não ser resolvido através de uma Constituição da Região Autônoma do Curdistão iraquiano, e sim por meio das leis gerais do país.

Ele insistiu em que o Curdistão não pode aprovar uma Constituição própria, sem que antes tenha sido estudada no Parlamento iraquiano.

Para o porta-voz sunita, a nova Constituição aprovada na quarta será fonte de polêmicas, sobretudo se não for apresentada perante a Câmara iraquiana. EFE am/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG