Blair tem esperança de retomada do diálogo de paz no O.Médio

Jerusalém, 3 fev (EFE).- O enviado do Quarteto para Oriente Médio, Tony Blair, afirmou hoje que há um sentimento de esperança indicando que israelenses e palestinos possam retomar em breve as conversas de paz.

EFE |

"Como resultado das recentes mudanças há um sentimento de esperança no ar. Ainda temos muito por caminhar, mas é preciso dar crédito ao Governo israelense pelas mudanças feitas até aqui", manifestou Blair antes de reunir-se com o ministro da Defesa de Israel, Ehud Barak, informa a edição digital do jornal "Yedioth Ahronoth".

Nas declarações, Blair fez referência ao fato de o Executivo de Benjamin Netanyahu ter ordenado à suspensão temporária da construção nas colônias judias da Cisjordânia.

Na entrevista, eles analisaram os esforços diplomáticos destinados para que israelenses e palestinos retomem os diálogos de paz, após mais de um ano de estagnação.

"Temos de nos concentrar agora no processo que nos levará ao reatamento das negociações e, posteriormente, da conversas reais", afirmou Barak.

O ministro espanhol de Assuntos Exteriores, Miguel Ángel Moratinos, declarou ontem que "um marco de referência" é o que pode possibilitar o retorno do processo de paz.

Nas reuniões com as lideranças palestinas ontem, Moratinos percebeu "uma forte decisão de avançar, mas com a sensação de que o importante não é reiniciar o diálogo, mas saber para onde seguirá o caminho da paz, o que requer uma forte preocupação com um marco de referência".

O ministro espanhol revelou que em uma recente conversa com o enviado dos Estados Unidos ao Oriente Médio, George Mitchell, este revelou que israelenses e palestinos "estavam muito perto" de retomar as conversas.

A Autoridade Nacional Palestina (ANP) exigiu de Israel a suspensão total da construção nas colônias judias, incluindo Jerusalém Oriental. EFE db/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG