É possível conseguir avanços no Oriente Médio antes da saída de Bush - Mundo - iG" /

Blair: É possível conseguir avanços no Oriente Médio antes da saída de Bush

Londres, 14 jun (EFE).- O enviado especial do Quarteto de Madrid para o Oriente Médio, o ex-primeiro-ministro do Reino Unido Tony Blair, disse hoje acreditar na possibilidade de se conseguir avanços no processo de paz na região antes do fim do mandato do atual presidente americano, George W.

EFE |

Bush.

"Não há nenhuma dúvida de que há um grande compromisso dos americanos com isso", assegurou o ex-líder trabalhista, em entrevista publicada hoje pelo jornal "The Guardian", por ocasião do primeiro aniversário de sua saída da chefia do Governo britânico, em 27 de junho de 2007.

Nesse sentido, Blair destacou as diversas visitas da secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, e do próprio presidente Bush à região.

"Ainda acho que ocorrerão avanços durante o restante desta Presidência (americana)", afirmou Blair, que disse ser " verdadeiramente importante" que o próximo governante dos EUA mantenha entre suas prioridades a busca de uma solução para o conflito.

Blair também se referiu na entrevista aos altos preços do petróleo e dos alimentos, responsáveis, segundo sua opinião, pelo descontentamento dos eleitores britânicos com o atual Governo de Londres.

No entanto, segundo ele, os cidadãos do Reino Unido ainda não tomaram uma decisão "profunda" acerca da atual gestão trabalhista.

Na entrevista, Blair revelou que vai apresentar um relatório à cúpula do Grupo dos Sete Países mais Desenvolvidos e a Rússia (G8), que será realizada entre os dias 7 e 9 de julho, na ilha de Hokkaido (Japão), na qual proporá a criação de uma nova instituição global responsável por supervisionar os esforços para que o mundo se adapte a uma economia com baixos níveis de emissão de carbono. EFE ep/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG