Londres, 29 jan (EFE).- O ex-primeiro-ministro do Reino Unido Tony Blair afirmou hoje, ao declarar na investigação sobre a guerra no Iraque, que o cálculo do risco representado pelo ex-presidente iraquiano Saddam Hussein mudou com os ataques terroristas contra os Estados Unidos em 11 de setembro de 2001.

EFE vg/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.