Blagojevich diz que pensou em Oprah para lugar de Obama no Senado

Washington, 26 jan (EFE).- O governador do Illinois, Rod Blagojevich, que enfrenta um julgamento político por acusação de corrupção, disse hoje que pensou na apresentadora de TV Oprah Winfrey para ocupar a cadeira deixada por Barack Obama no Senado.

EFE |

Em entrevista à "ABC", o governador democrata, de 52 anos, disse que considerou vários nomes para ocupar a vaga no Senado antes das eleições de novembro, inclusive o de Oprah Winfrey, uma bem-sucedida empresária negra e popular apresentadora de televisão.

"Ela me parecia uma pessoa que ajudaria de forma significativa a transformar Barack Obama em presidente. Obviamente ela é alguém que tem uma audiência muito maior que qualquer outro senador", explicou Blagojevich.

No entanto, Blagojevich disse que desistiu da ideia porque não quis que a indicação fosse interpretada como um truque político e, finalmente, nomeou o ex-procurador-geral Roland Burris como sucessor de Obama.

Oprah disse que ficou sabendo hoje da intenção de Blagojevich, mas afirmou a uma rádio local que teria recusado a oferta, porque "simplesmente" não lhe "interessa".

A nomeação de Burris como sucessor de Obama gerou suspeitas entre os líderes do Senado, que inicialmente tentaram vetar sua entrada na Câmara Alta, mas depois o aceitaram desde que este cumprisse vários requisitos legais. EFE mp/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG