Bispos alemães pedem desculpas por abusos sexuais contra menores

Berlim, 22 fev (EFE).- O presidente da conferência dos bispos da Alemanha (DBK, na sigla em alemão), Robert Zollitsch, pediu hoje perdão às vítimas dos repugnantes abusos sexuais contra menores praticados por sacerdotes nas décadas de 70 e 80.

EFE |

"Peço desculpas a todos os que foram vítimas desses crimes", afirmou Zollitsch durante a inauguração da assembleia geral de primavera da DBK, realizada em Freiburg (sul da Alemanha).

O presidente da entidade afirmou que, no caso da Igreja, os abusos sexuais contra menores são "particularmente graves", dado que "crianças e jovens têm uma confiança especial em seus sacerdotes".

Zollitsch exigiu um "amplo esclarecimento" dos casos de abusos que, segundo a imprensa, afetaram 120 vítimas, de acordo com os dados reunidos nas últimas semanas pela Promotoria alemã.

Segundo o presidente da DBK, o escândalo "terá consequências" dentro da Igreja e defendeu uma melhor prevenção desses crimes.

A ordem dos Jesuítas, a primeira organização afetada pelo escândalo, abriu sua própria investigação, enquanto as distintas dioceses alemãs - 27 no total - devem fazer o mesmo.

O escândalo veio a público quando o padre Klaus Mertes, reitor da escola de elite Canisius, em Berlim, comandada pelos jesuítas, divulgou em janeiro passado que abusos haviam sido cometidos no colégio décadas atrás.

Depois disso, começaram a aparecer outras vítimas de abusos em outros colégios de jesuítas na Alemanha.

O movimento católico secular Wir Sind Kirche ("Nós Somos a Igreja", em tradução livre) reivindicou durante a assembleia da DBK a criação de um órgão federal para a defesa das vítimas, assim como a reforma da formação sacerdotal e uma colaboração mais estreita com a Promotoria.

Para a organização, é primordial que os sacerdotes que tenham cometido os abusos sejam considerados como incapacitados para o trabalho pastoral. EFE nvm/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG